que país é esse?

o tiroteio que estampa a primeira página dos jornais de fortaleza de hoje aconteceu bem diante da minha fuça, na manhã de ontem. estava eu na frente deste mesmo computador do qual vos escrevo agora, dando uma de home officer, trabalhando no pdi [plano de desenvolvimento institucional - prospecção do crescimento da faculdade para os próximos cinco anos, herança do período que passei interinamente na direção], quando escuto dois estampidos secos e penso: 'que diabo é isso?' continuo digitando e, segundos depois, mais três estampidos secos. quando já estou quase levantando para ver do que se trata, mais uma seqüência, desta vez de pelo menos mais seis ou sete estampidos secos. então, num ato inconsciente, e contrariando a relativa inteligência de que me julgo possuidora, corro para onde? para a janela do meu quarto. detalhe: no primeiro andar do prédio-camarote, diante da rua onde acontecia talvez o maior caos já vivido numa manhã de segunda-feira nesta 'pequena e pacata cidade de miracema do norte'. em tempo, ainda, de ver a cena: os carros debandando em ré; os passantes e as buzinas gritando; os serventes de pedreiro que trabalham nas fundações da construção da frente rodopiando como peões, divididos entre o instinto de proteger-se e a curiosidade pelo inesperado; as varandas subitamente enchendo de vizinhos; a caminhonete preta completamente baleada; e o bandido correndo, com a arma ainda em punho, e entrando num carro que, salvo engano, subiu a rua na contra-mão. e eu, inerte, diante da janela, com o coração a sair pela boca e as pernas tremendo. sem realizar, ainda, que eu não deveria estar ali, mas bem escondida debaixo da mesa de jantar, atrás do sofá do escritório, ou no buraco que ainda espera pela máquina de lavar roupas. e vocês hão de estar se perguntando em que morro eu moro, né? mas eu moro na zona mais nobre da capital cearense, queridos. e digo que num raio de não mais do que quatro quarteirões do cruzamento em que aconteceu o fato [e no qual eu perco pelo menos dois minutos dos meus dias, diariamente] estão dez entre os dez endereços mais caros da cidade - o que justifica, certamente, a tentativa de seqüestro que a polícia investiga agora.
----------------------------
passado o susto, frustrado o seqüestro, fora de perigo o baleado e foragidos os bandidos, a pergunta que ainda resta é essa: que porra de país é esse?

14 comentários:

Carol Freitas disse...

é, meu bem, fortaleza já deixou de ser uma cidadezinha pacata há um certo tempo...

:/

iê-ê.

Anônimo disse...

Pois é, Can, é este o país em que sobrevivemos.
Vc não estava no morro e o motivo dos tiros não era pelo tráfico de drogas. Mas na zona nobre aqui não tem segurança, igual no morro.
Só com muita reza e fé em Deus e nos anjos da Guarda.
Bjo


PS_ "Morro" foi usado no sentido figurado, só temos o morro de Sta Terezinha por aqui (que tb é pra lá de perigoso)

Anônimo disse...

Pra completar com o que ouvi esta semana de um amigo - filósofo do meu trabalho: "O mundo todo tá de cabeça pra baixo"!
Bjo

Ana Claudia disse...

Ai, nao acredito nao quando ouco essas estorias dessa cidade que um dia foi tao linda e tao tranquila...

Quando a gente mora fora e perde a anestesia cotidiana para esse tipo de coisa, da pra perguntar ainda com mais vontade que porra de pais eh esse mesmo???

Pois eh Fortaleza, quem jamais te esquece nao pode reconhecer... que peninha.

Bom, pelo menos na minha proxima visita ja vou saber: estampido seco, corro pra bem longe da janela.
:*

Anônimo disse...

Menina, que coisa! Uma pena ver que Fortaleza, onde já estive algumas vezes e deixei bons amigos, está ficando que nem os Rios e SãoPaulos da vida... BH também não está diferente.

E a gente não tem juízo, né? Quando entrou ladrão no préido do meu namorado, ao invés da gente fazer meia volta e sair pelo mesmo portão que entrou, fomos entrando porta adentro, naquela inocência burra de 'nossa, que bagunça, o que será que aconteceu?'. Demorou uns bons minutinhos pra gente cair na real...

bjk
Mônica

Clara del Valle disse...

Permita-me lembrar que Jean Charles foi alvejado num metrô londrino e ninguém será punido por isso. Não é só o Brasil um país de merda! Europa, EUA, Asia... qualquer lugar é igual. E a lua só é um lugar seguro pq não há humanos por lá.

Entende pq devemos esconder-nos sob as asas de S. Miguel Arcanjo?

Entende a necessidade de estarmos vestidos com as armas de S. Jorge Guerreiro?

Só o céu pode nos guardar dessas coisas, tri. Tem outro jeito não.

bjs meus
(e peloamor, um cadim de prudência né? Como assim uma mulher dessa idade ainda se permite esse nível de ingenuidade? tsc)

Nay disse...

antes eu dizia:"não sou nem blindada"...agora eu penso na possibilidade de andar blindada!=(

Cele disse...

E onde eu tava que nem tomei conhecimento dessa tentativa de sequestro?!?!?

Jana disse...

Posso fazer minhas as palavras da Clara?

Só não exisitirá violência, quando não existir os homens...

beijos

Jana disse...

Posso fazer minhas as palavras da Clara?

Só não exisitirá violência, quando não existir os homens...

beijos

Ana D disse...

Bo, eu ex-moradora do Rio de Janeiro que sou, na verdade nunca me deparei com nenhum tipo de violência ( anjo da guarda forte), mas que o "bicho pega" ahhh pega...
Beijos !
Eu e a Jana nos encontramos ontem, sabia ?!

Ana D disse...

Falmaos, eu e jana , sobre todas ! rsrsr E sobre um encontro de todas ! rs Imagina. Beijo

Tá disse...

Que p* de país é esse que pela janela eu vejo uma senhora estendida no chão vítima de um assalto?


sei não aonde a gente vai parar....

bjo,Canrida

Idê Maciel disse...

Fortaleza, Madrid, Madagascar... sei lá. Para esse mundo que eu quero descer. A violência impera em toda parte, seja qual for a razão... Ah e quando eu crescer quero escrever como tu, as crônicas do cotidiano (bom ou mau...) Esbanja sentimentos por isso gosto tanto de ler o que escreves.

.por onde andei.

.por onde andei.
.sob o céu furta-cor de jeri.

.pela orla da minha querida cascais.

.por entre as milhares de bicicletas de amsterdam.

.pelas ruas medievais da irretocável bruges.

.sob as luzes e sombras da grand place, em bruxelas.

.pela simétrica [e linda!] place des vosges, em paris.

.pela incrível plaza de españa, em sevilla.

.pelo fabuloso parc güell, em barcelona.

.pela recoleta, em buenos aires.

.pelas muralhas de óbidos.

.pela nascimento silva, em ipanema.

.pela cidade alta, em salvador.

.pelo pico alto, em guaramiranga.

.pelas charmosas ruas de sintra.

.pela torre de belém, em lisboa.

.pelas margens do douro, no porto.

.pelo casco viejo, em santiago de compostela.

.pelo meu retiro, em madrid.

.caminham comigo.

follow me on twitter!

.plágio é crime e atestado de burrice.

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape MyFreeCopyright.com Registered & Protected

.presentinhos.

.presentinhos.