3 queijo [sic] e 3 siri!!!*

3 blogs, 3 vidas, 3 mulheres, num dia de numerologia simples 3, 3 anos depois. 3 horas de avião de fortaleza até o rio, 3 horas de estrada de volta redonda até o rio. uma vinda de uma convenção nacional do grupo de ensino superior para o qual trabalha, outra diretamente de uma fábrica de cimento arqui-inimiga da votorantim, e a terceira de seu novo apartamento de 5 banheiros no recreio dos bandeirantes... as 3 com o mesmo e único propósito: brindar ao delicado da vida!
da primeira vez que nos encontramos [fisicamente falando], no número 43 da farme de amoedo, era final de junho de 2007 e do longo silêncio que me impus em luto pelo gérbera laranja. daquela calçada de ipanema nasceu o hoje também já finado monólogos de eurídice [que vocês ainda podem acessar clicando em blog antigo, na segunda caixinha da esquerda para a direita aí em cima!]. depois da última noite de sexta, eu não poderia deixar de vir aqui nesta biroska, abandonada há 3 meses, para registrar uma constatação: a vida é simples, bonita e mágica o suficiente para nos preparar, em silêncio e enquanto nos ocupamos de coisas mundanas, pequenas ilhas de cactus gigantes em meio a desertos de sal - uma metáfora que guadarei com carinho mesmo não sendo minha a alma que ainda flutua sobre o salar do uyuni e o deserto do atacama [desertos são tão poéticos!].
brindamos ao delicado da vida com smirnoff ice e coquetéis diabéticos e passamos a descortinar e dar nome aos 3 anos de entrelinhas nem sempre decifráveis que escrevemos neste ínterim. também criamos nossas próprias versões sobre as entrelinhas daquelas que gostaríamos que estivessem presentes: annna d., com 3 enes, e jana [repetindo o que certamente fizeram as duas no recente reencontro que também tiveram, em curitiba].
de lá para cá, perdi um filho, cruzei duas vezes ida e volta o atlântico e me tornei bem-dizer uma executiva. clarita del valle, por sua vez, perdeu-se e encontrou-se entre amores fracassados, viajou sozinha para o fim do mundo e voltou com uma cuia de chimarrão conceito que encontrará seu destino mais tardar até o estético dia 10 do 10 do 10. e mô [que continua finamente desbocada!] vive, finalmente, a sorte de um amor tranqüilo esperado por uma vida num amplo apartamento, com direito a terraço e alarme, do recreio dos bandeirantes. terminamos a noite confundindo um taxista que, contrariando a genética, acreditou que éramos irmãs de pais diferentes e desfiou um rosário de desgraças familiares entre a sernambetiba 2900 e o transamérica da barra.
faz muito tempo eu li que 'tudo que acontece uma vez pode nunca mais acontecer, mas tudo que acontece duas vezes certamente acontecerá uma terceira'. de lá para cá, tive oportunidade de comprovar essa máxima algumas vezes. ojalá não seja diferente com a gente.
--------------------
*vocês não achavam mesmo que eu iria explicar aqui a frase do guardanapo, achavam?!

6 comentários:

Mônica disse...

repito aqui o que já disse lá na Clara: amo vcs, triS, por terem feito da minha vida algo infinitamente melhor!

e sinto que terei que escrever a minha versão dos fatos, né? rs...

Jana disse...

E eu repito o que disse lá tb: Deixo trÊs suspiros, pq daqui só me resta suspirar... Um dia, um dia!

Bjo

Clara del Valle disse...

Insh´allah, tri! Só espero que não precisemos esperar mais 2 anos por isso!

Olhe, eu realmente acreditei que tu ia se esmerar e postar algo bem reticente sobre os 3 queijo & 3 siri... (posso ter me tornado um mulherão, mas ainda sou besta de dar dó kkkkk)

Fico daki torcendo pro Fernando startar aquela campanha... (tenho até umas frases de efeito já)

bjs amada!

Ana D disse...

O destino existe , mas a opção por torna-lo eterno é nossa...Legenda: quis o senhor destino que muitos, muitos anos atrás nós todas nos encontrássemos e por opção manteremos isto pelos próximos 50 anos rsrs...entre idas e vindas One Day todas sentaremos em torno de uma mesa de canto kkkkk...Emocinoa isso ! rsrs Beijos a todas...
PS Cada dia você se torna mais escritora rsrs

Anônimo disse...

Até que enfim fornada nova!
Saudade do pãozinho quente de suas palavras...
Gde bjo

Mônica disse...

Bom te ler de novo em mais de 140 caracteres! Achei que tinha desistido desse cantinho... :)
bjk
Mônica

.por onde andei.

.por onde andei.
.sob o céu furta-cor de jeri.

.pela orla da minha querida cascais.

.por entre as milhares de bicicletas de amsterdam.

.pelas ruas medievais da irretocável bruges.

.sob as luzes e sombras da grand place, em bruxelas.

.pela simétrica [e linda!] place des vosges, em paris.

.pela incrível plaza de españa, em sevilla.

.pelo fabuloso parc güell, em barcelona.

.pela recoleta, em buenos aires.

.pelas muralhas de óbidos.

.pela nascimento silva, em ipanema.

.pela cidade alta, em salvador.

.pelo pico alto, em guaramiranga.

.pelas charmosas ruas de sintra.

.pela torre de belém, em lisboa.

.pelas margens do douro, no porto.

.pelo casco viejo, em santiago de compostela.

.pelo meu retiro, em madrid.

.caminham comigo.

follow me on twitter!

.plágio é crime e atestado de burrice.

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape MyFreeCopyright.com Registered & Protected

.presentinhos.

.presentinhos.